THE DELAGOA BAY REVIEW

30/01/2010

Sinatra Forever

Filed under: António Botelho de Melo, Frank Sinatra, Música — ABM @ 10:25 pm

por ABM (Alcoentre, 30 de Janeiro de 2010)

Aprendi com o pai BM a gostar do Frank Sinatra, e foi uma lição que gostei de aprender.

Sobre ele durante anos só conhecia um fantástico repertório, uma voz ímpar e das melhores dicções de inglês que já escutei (o exmo leitor tente entender o que os Deep Purple dizem em Smoke on the Water, que tive que escutar ods meus irmãos no princípio dos anos 70).

Gostar de Sinatra para a minha geração (a nascida em 1960) já era algo estranho, que eu complementava com uma apreciação (única na casa dos BM) por música clássica, jazz e outros tipos de música que já não é chique mencionar-se como Paul Mauriat e Waldo de los Rios.

Mas Sinatra resiste bem aos tempos e tem os seus adeptos. Um dos maiores prazres da minha rotina nos meus tempos de Maputo era ir jantar ao Restaurante da Costa do Sol, com cujo dono, o grande Manuel Petrakakis, partilho a paixão sinatriana, e quando me sentava, mão invisível logo removia aquela música estilo zurrapa internacional que se toca enquanto está lá, e põe um longo CD com as músicas favoritas do Frank.

Que mais se pode pedir neste mundo, senão o folclore africano em frente ao restaurante numa tarde quente, um bom prato de ameijoas com uma Coca-Cola bem gelada, enquanto se ouve umas canções pelo Frank?

Hoje faço anos e a patroa, que está de viagem, mandou-me num e-mail o que está acima, a mais bem conseguida balada de Sinatra (andamos em contenção de custos).  I’ve got you under my skin é um dos clássicos mais bem conseguidos pelo imortal Cole Porter, com arranjo pelo insuperável Nelson Riddle.

E a única canção cuja letra sei cantar desde o princípio ao fim.

E com ela brindo a todos, leitores, amores, amigos, inimigos (só hoje).

A vida também é isto.

Às vezes é só isto.

Anúncios

12 comentários »

  1. E melhor não podias ter estado (e comemorado) Grande abraço pelo meio século

    Gostar

    Comentar por jpt — 30/01/2010 @ 11:04 pm

  2. Aos amores.
    Um beijo pelo aniversário. Outro pelo meio século.

    Gostar

    Comentar por M — 31/01/2010 @ 12:28 am

  3. Pai Reprezas passou-me esse bicho. Não me decido por esta como a preferida mas faz sem dúvida justiça.
    beijo de parabéns

    Gostar

    Comentar por marta reprezas — 31/01/2010 @ 1:15 am

  4. Que Bonito Zézé.. Muitos Parabéns!!!!

    Gostar

    Comentar por AA — 31/01/2010 @ 2:32 pm

  5. Forever and ever 🙂
    Keep him and her (a patroa, claro!) under your skin.
    Parabéns!

    Gostar

    Comentar por VA — 31/01/2010 @ 3:14 pm

  6. Amigo, para além de se fazer meio século, é tão bom termos amigos.
    Para mim foi um enorme prazer ter feito a supresa.
    Grande Abraço.
    JS

    Gostar

    Comentar por jaime santos — 31/01/2010 @ 5:29 pm

  7. JPT

    Surpresa: amigos de quarenta anos (só agora reparei que tenho amigos desde há 40 anos e ainda falo com eles) descenderam nas estepes ribatejanas à hora de jantar com marmitas e champanhe e fez-se uma festa, aquecida por muita lenha na salamandra, conversa abundante, boa comida, vinho importado de Estremoz, Alentejo (Vila Santa 2007, de João Portugal Ramos, mistura moderna de aragonês, touriga nacional e trincadeira, com doses generosas de cabernet sauvignon – mas arrematei com Coca Cola Light) e uma salada mista temperada por mim. O teu telefonema a confirmar o meu estatuto arrematou o serão.

    M

    A idade é marca involuntária da nossa habilidade para sobreviver o que de bom e mau nos é atirado à cara.

    Marta

    Tenho que ter uma conversinha com teu pai sobre o Frank. Tipo conferência inter-blogática sobre a sua produção musical.

    AA

    Obrigado. Não sei quem é o Zézé mas deve ser uma inside joke em que eu não estou inside da joke mas depreendo encorajamento e isso basta-me.

    D VA

    And ever, and ever, and ever….

    Jaime

    Tu foste o culpado do que eu descrevo ao JPT. Agradeço o gesto e ainda por cima toquei o céu enquanto mastiguei o melhor empadão que se podia fazer na face da terra. E o vinho… mas a companhia é sempre o que vale mais.

    Gostar

    Comentar por ABM — 31/01/2010 @ 5:49 pm

  8. fora todo o fds, só agora vi e… ei man! venham daí esses ossos!

    🙂

    Gostar

    Comentar por cg — 31/01/2010 @ 9:53 pm

  9. Eis que regresso, como o CG, e…

    Parabéns, e muitos com saúde e felicidade.

    Gostar

    Comentar por umBhalane — 31/01/2010 @ 10:13 pm

  10. Acordei-te com o meu telefonema e com o Gu aos saltos na tua cama! Assim começaste o dia! Espero brevemente comemorar o teu aniversario (42 mais IVA) na companhia da tua patroa. Eu levo a minha patroa e o doutor Ricardo e boa disposição.
    Um abraço e tudo de bom!
    JR

    Gostar

    Comentar por Jorge Ribeiro — 01/02/2010 @ 1:37 am

  11. Uma bela canção, interpretada pelo mestre.

    Não me enquadro propriamente em nenhuma das categorias por si acima referidas, mas ergo-lhe a minha taça – que se repita por muitos anos.

    Gostar

    Comentar por Carlos Azevedo — 01/02/2010 @ 2:24 am

  12. Muitos parabéns, ainda que atrasados … nunca é tarde para desejar felicidades aos amigos!
    Partilho o gosto musical portanto mais parabéns e quanto ao meio século… ainda hei-de chegar lá (não é que faltem muitos, mas… )
    Fique bem, tudo de bom.
    AC

    Gostar

    Comentar por Nita — 04/02/2010 @ 2:37 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: