THE DELAGOA BAY REVIEW

25/05/2010

POMPA, CIRCUNSTÂNCIA E 11%

Filed under: Mundo — ABM @ 5:14 pm

http://news.bbc.co.uk/player/emp/external/player.swf

por ABM (25 de Maio de 2010)

O novo governo britânico, que não tem bem os mesmos problemas do seu congénere português, vai, entre outras coisas, começar por cortar 11 por cento na despesa pública, percentagem que aqui na terra dos brandos costumes, suscitaria imediatamente visões de uma revolta seguida de batalha campal.

Lá em Londres, foi anunciado como se vê em cima.

De facto, em Lisboa, há um ano e meio que só se anuncia, repetida e sucessivamente, o fim da recessão – ali perpetuamente referida como “a crise”.

Anúncios

3 comentários »

  1. ABM,

    Eu explico. Esta malta deste lado desconsegue tomar medidas como devem ser tomadas. Não conseguem! Não é que não queiram, eles não conseguem mesmo.

    E estão a fazer este alarido todo, estas hesitações e tretas porque estão à espera que o FMI e outras organizações afins cá venham dizer o que tem de ser feito porque todos eles, repito, todos eles, andaram durante anos a mentir ao pessoal e agora não querem fazer o papelinho de maus da fita.

    Eles parecem os miudos assustados depois de fazerem asneira e que esperam o perdão e compreensão dos outros.

    Vamos ter um segundo semestre cheio de novidades. Nunca vi um governo gastar tanto papel a fazer orçamentos, rectificações, PEC`s, pacotes fiscais, etc. O Nosso primeiro tem razão quando diz que faz tudo para não aumentar os impostos.

    É o chamado Governo das Mijinhas. Em vez de anteciparem vão fazendo à medida do que precisam.

    Gostar

    Comentar por Pedro Silveira — 25/05/2010 @ 10:08 pm

  2. Sr Pedro Silveira

    Obrigado pela explicação. Creio que infelizmente tem razão. Acho que não estava nem no programa nem na mente de ninguém o advento de uma situação em que a solução para corrigir o desequilíbrio entre produtividade e receita tivesse que ser cortar salários.

    Isto promete.

    Gostar

    Comentar por ABM — 25/05/2010 @ 11:23 pm

  3. Sim, eles não conseguem proferir a frase “reduzir a despesa.”

    Já ontem o Ministério das obras publicas foi clarissimo quando disse que teriam, vejam bem o termo, teriam de aumentar o preço dos transportes publicos para compensar prejuízos do ano passado.

    Passado umas horas, com o formalismo que só nós sabemos fazer o mesmo Ministério anunciou que o Governo não tinha da agenda, veja-se o rebuscado dos termos, a aumento desses transportes.

    Por forma a tornar claro, umas horas depois o mesmo Ministério informou que ao comunicado anteriormente emitido devia ser desconsiderado.

    Resultado: mais uma vez se aumenta os preços e não se reduz as despesas.

    Continuando, quando Santana Lopes foi demitido a coisa nem tinha chegado a este descontrole.

    E este governo tem que ir para a rua. Isso já sabemos há muito tempo.

    o problema nem é esse mas sim quem tem uma solução politica para Portugal. E eu acho que por enquanto somos mesmo incapazes…..

    Gostar

    Comentar por Pedro Silveira — 26/05/2010 @ 11:36 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: