THE DELAGOA BAY REVIEW

18/06/2010

BOLETIM DO MUNDIAL Nº17

Filed under: Mundial de Futebol 2010 — ABM @ 4:04 am

por George Ribéro, com leve edição de ABM (18 de Junho de 2010)

A coisa está a aquecer e Portugal ainda nem sequer jogou pela segunda vez. Grandes surpresas neste últimos dois dias. Os comentários dos jogos, desta vez maioritariamente do nosso George, no seu esplendor.

JOGOS DE QUARTA-FEIRA

Suíça 1 – Espanha 0

Começo por aqui porque penso que nem mesmo o suíço mais patriota alguma vez sonhasse que a sua equipa de futebol poderia ganhar ao campeão europeu. A Espanha, como todos os portugueses sabem, é um país latino, e como um latino que se preze, cai sempre na tentação da vaidade, do “esta iá está en el papito” . E neste caso com uma confiança como a destes, que vai de Barcelona, Terragona e tudo acabado em ona até Badajona.

Vai daí e entraram em campo a pensar que mais cedo ou … mais cedo, marcavam aos suíços, que são frios, calculistas, usam canivetes deles, e que são mais eficazes – mas com jogadores de menor qualidade.

Bem, aconteceu que um tal Gerson Fernandes, de Cabo Verde, primo do jogador Português Manuel Fernandes e agora um orgulhoso cidadão suíço (mas todos sabemos de onde vem o pedigreee, não é?) vai daí e pimba, marcou uma aos nuestros hermanos. Prontes, como diria o Ronaldo, lixaram tudo e agora os espanhóis, feridos no seu orgulho latino e muy macho, querem vingar-se na pobre das Honduras e no Chile. Ah, e os suíços ainda enviaram uma bole ao poste que por pouco dava um 2-0!

Dizem os lá da Ocidental Praia Lusitana que, de Espanha, nem bons ventos nem bons casamentos. Ontem por acaso nem estava muito vento para os lados de Cascais City. Mas em Espanha, depois deste jogo, nem uma aragem. Nem o piriquito tinha direito a cantar ou ir para o baloiço. Agora se pode dizer verdadeiramente que começou a recessão ibérica.

Sim, sim, mas eles ainda têm a Charlize

Uruguai 3 – África do Sul 0

Da participação sul-africana neste campeonato não vai certamente resultar um filme igual ao Invictus, que relata o que aconteceu no mundial de râguebi em 95.

O Sr. Forlan andou pelo Manchester United e agora joga no Atlético de Madrid. Um excelente avançado, rápido, diferente daqueles pontas de lança que jogam de costas viradas para a baliza adversária. Este senhor corre, chuta, joga, incentiva e ainda marcou dois golos que pôs os sul africanos (e as vovozelas) a saírem do estádio muito tempo antes de este terminar.

O Uruguai já foi Campeão do Mundo por duas vezes, em 1930 e em 1950. Entretanto o futebol mudou e nunca mais o Uruguai fez grande figura em Mundiais a não ser um quarto lugar. Penso que esta equipa é talvez a melhor e mais bem estruturada das ultimas décadas.

O último triunfo do Uruguai em Mundiais foi em … 1990. Há 20 anos.

Mas não foi só o Forlan. Há também outros bons jogadores, como o benfiquista Maxi Pereira, os portistas Álvaro Pereira e Fucile (Rodriguez do Porto não foi convocado por ter estado lesionado durante muito tempo), Luiz Suarez do Ajax de Amesterdão, Cavani e Lugano.

Interessante esta equipa que, ao contrário das anteriores equipas, não é tão dura e até por vezes violenta. Assim, só ganha o futebol e … o Uruguai. Será que vamos ter um Mundial com a equipa da casa afastada prematuramente?

Bom vinho, esse dos chilenos

Chile 1 – Honduras 0

Tudo normal, ganhou a melhor equipa e pouco mais há a dizer. Excelente exibição do Matias Fernandes que para variar, no Sporting Club de Portugal fica quase sempre no banco durante os jogos. Jpt, como é isso?

JOGOS DE QUINTA – FEIRA


Para variar, os gregos ganharam

Grécia 2 – Nigéria 1

Pois, afinal o Rehhagel, o tal treinador alemão dos Gregos, aprendeu depressa e mudou o esquema táctico, jogando com mais um defesa. Jogou com três centrais e dois laterais que subiam mais que nos jogos anteriores. Ou seja, a retroescavadora mudou de … marca!

A Nigéria até marcou primeiro golo, mas o momento de viragem ocorreu quando um Nigeriano foi expulso e a Grécia aproveitou bem a superioridade numérica para marcar dois golos, os primeiros da Grécia num Mundial. Incrível, sendo a Grécia Campeã da Europa em 2004, lembram-se? A Nigéria já pode fazer as malas ou ficar pela África do Sul. São tantos os Nigerianos a residirem lá estes dias que nem se notava.

Yo no hablo franciú

México 2 – França 0

Os Aztecas já estão praticamente na próxima fase. Os franceses por sua vez, estão em muitos maus lençóis. Este jogo foi uma espécie de Waterloo, mas sem Wellington. Este México joga muito bem, sem medo de perder (não é, Portugal?). Dominaram a França como quiseram e o árbitro não foi o mesmo do Irlanda-França que deixou passar a mão do Henry. Azar deles.

Por isso, o México agora é uma equipa a seguir.

Don't cry for them, Argentina

Argentina 4 – Coreia do Sul 1

Higuain fez três golos (hat trick), o primeiro deste mundial. A Argentina dominou o jogo e marcou quando tinha que marcar. Para ajudar à festa, o primeiro golo da Argentina foi marcado por um … coreano, na própria baliza.  Acontece. Este também vai patrulhar a DMZ e ter os irmãos do Norte do outro lado a fazer flexões de castigo. A Argentina continua muito forte, com avançados tão bons, tão bons, que o Maradona manteve no banco talentos como Milito e Aguero. Que luxo! Dá gosto ver jogar esta selecção, que já está com os dois pés na fase seguinte.

Este é um tango que promete.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

%d bloggers like this: