THE DELAGOA BAY REVIEW

24/06/2010

ESTAMOS JUNTOS 1 – TUDO BOM 0

Filed under: Desenvolvimento, Economia de Moçambique — ABM @ 4:34 am

por ABM (Quinta-feira, 24 de Junho de 2010)

Na véspera da data em que Moçambique completa trinta e cinco anos de independência, certamente se vai assinalar a efeméride com a habitual lenga-lenga da longa noite da treva colonial e de que estas três décadas e meia foram uma celebração de virtudes. Alguns mais avisados, fizeram como o meu caríssimo José Luis Cabaço (cujo pai era um distinto sócio do Desportivo, a minha alma mater moçambicana) que aproveitou para dar os retoques finais numa longa (looonga) tese de doutoramento no Brasil sobre o assunto. Numa entrevista que foi transcrita no Jornal de Angola, publicada ontem na cidade de Luanda, Cabaço contou que, entre as bênçãos da (sua) geração que governou depois de 1974, ter logrado manter o conceito da unidade nacional entre os moçambicanos. Tudo bem, mas para que fique registado, não me recordo de os portugueses coloniais terem sequer pensado em retalhar o país. E quando diz que ainda permanece o problemazito “herdado” do tempo colonial” da sociedade a duas velocidades (a da cidade e o pessoal no mato), aí a coisa já dá para algum debate. Ah afinal isto foi herdado do tempo colonial? foi uma coisa desses malandros colonialistas? não terá sido um fenómeno normal em qualquer sociedade rural que se moderniza? e a sua resolução é uma questão política? ah é? e como se vai resolver isso?

Obviamente uma questão para os senhores que vêm a seguir.

Mas, a propósito, queria aproveitar para fazer uma pequena pré-celebração do 25 de Junho. Eu tenho a boa fortuna de estar na lista de distribuição da Ferro & Ferro, uma excelente empresa de comunicação baseada em Maputo, que ao princípio da noite enviou aos seus subscritores um comunicado da empresa de telecomunicações celulares MCel, indicando que no domingo passado, a empresa havia instalado o seu serviço de comunicação celular no longínquo Distrito de Majuni, na província nortenha do Niassa (longínquo para quem está em Maputo, isto é. Para os Majunianos aquilo é a casa deles).

O facto não seria tão assinalável não fosse a nota indicando que, com este melhoramento, certamente muito bem vindo na localidade, a MCel no domingo completou o seu programa de cobertura de todo o território nacional (bem, as Quirimbas vai ser complicado mas há-de chegar o dia).

E se José Luis Cabaço refere a unidade nacional em termos políticos, creio que este anúncio da MCel não é menos significativo e precisamente pela mesma razão: com esta infra-estrutura, Moçambique cada vez mais é só um país e um povo.

Apropriado, na véspera de mais um feriado nacional.

Por isso felicito os moçambicanos e também a MCel. Os países fazem-se, e traçam os seus destinos, por actos como estes.

E o povo de Majuni agradece.

1 Comentário »

  1. […] See the original post here: ESTAMOS JUNTOS 1 – TUDO BOM 0 | ma-schamba […]

    Pingback por [BLOCKED BY STBV] ESTAMOS JUNTOS 1 – TUDO BOM 0 | ma-schambaVia Media | Via Media — 24/06/2010 @ 10:18 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

%d bloggers like this: