THE DELAGOA BAY REVIEW

28/06/2010

BOLETIM DO MUNDIAL Nº 31 – ARGENTINA E ALEMANHA

Filed under: Mundial de Futebol 2010 — ABM @ 3:54 am

por George Ribéro, edição de ABM (Domingo, 27 de Junho de 2010)

O comentário do George sobre os jogos de domingo do Mundial 2010:

Argentina 3 – México 1

A Argentina entrou a todo o gás no jogo, pressionando muito os jogadores mexicanos e querendo marcar cedo, mas sem resultados práticos. O México não se mostrou impressionado com os nomes nem com as camisolas azuis e brancas e foi ripostando e dando luta. Houve de facto pouco espaço, especialmente no meio campo tal o pressing de ambos os lados.

Parece que nestes oitavos de final, e para variar, os árbitros decidiram ser os grandes protagonistas dos encontros. Foi assim no golo não validado da Inglaterra contra a Alemanha, disputado esta tarde, e aconteceu também neste jogo, com a validação do que acabou sendo o primeiro golo da Argentina. Quando o guarda-redes mexicano saiu à bola, esta ressaltou para o Messi, que passou para o Tevez, que, em fora de jogo, cabeceou para o primeiro golo da Argentina. O árbitro validou o golo, o que foi prontamente protestado pelos mexicanos. Ele ainda consultou o fiscal de linha, mas não mudou a sua decisão e apontou para o centro do terreno.

Muito mal.

O segundo golo surgiu depois de um infortúnio de um defesa mexicano que pôs a bola ao alcance de Higuain e este não perdoou. Lá está, em alta competição, um erro é a morte do artista. Paga-se muito caro. No intervalo e a caminho dos balneários, houve um sururu entre os jogadores, o que se pode considerar normal entre equipas sul americanas. Com o frio de rachar que tem feito na África do Sul, até deu para aquecerem um pouco mais. Afinal ambos falam espanhol, por supuesto.

Na segunda parte, a Argentina praticamente entrou a marcar o terceiro golo e assim, o jogo ficou decidido. O México ainda marcou um bom golo, feito pelo ponta de lança Chicharito Hernandez, que para a próxima época vai representar o Manchester United e tem pinta de goleador. Bem trabalhado, pode dar que falar.

A Argentina, com mais ou menos esforço, ganhou bem e o México não teve argumentos e jogando mais em esforço. Passa a Argentina à fase seguinte, uma seríssima candidata à final, em Johannesburg.

Alemanha 4 – Inglaterra 1

Nesta partida aconteceu o lance mais polémico do Mundial até ao momento. Quando a Alemanha vencia por 2-1, a Inglaterra, por intermédio de Lampard, introduz a bola na baliza à guarda de Neuer, batendo primeiro na barra e depois talvez meio metro ou mais para lá da linha de golo. O árbitro, o Sr. Jorge Larrionda nem sequer pestanejou e continuou o jogo como se nada fosse. Sem dúvida que a história repete-se como foi o caso do jogo da final entre os mesmos protagonistas mas num palco diferente, o Mundial de 1966 na Inglaterra. Na altura, a Alemanha marcou um golo igual mas o árbitro não validou e o jogo prosseguiu.

Cá se fazem, cá se pagam, pensei agora. Ao contrário do que aconteceu em 1966, desta vez, a bola entrou claramente na baliza alemã. Quanto ao lance de 1966, ainda hoje existem opiniões diferentes, se bem que eu penso que em ambas ocasiões, foi golo.

Se o golo de Lampard tivesse sido validado, o resultado poderia ter sido outro, mas ninguém poderá garanti-lo.

O alemão Muller, marcou e deu a marcar, esteve nos quatro golos e fartou-se de batalhar no meio campo. Grande jogo deste meio campista alemão. A Alemanha foi mais fria, mais eficaz e também mais inteligente. Esta equipa sabe esperar para depois marcar golo. É uma equipa com muitos jovens mas que sabe competir.

A Inglaterra tem aquele futebol empolgante que dá gosto ver mas, quanto a mim, um pouco ingénuo, jogado mais com o coração e menos pensado, mesmo tendo um grande treinador como é o italiano Fábio Capelo. É um futebol mais corrido, mais físico, mas sem truques na manga e sem aquela ratice de outras grandes equipas. Talvez por isso não tenha sido feliz em Campeonatos do Mundo de futebol.

Os ingleses não conseguiram ser superiores aos alemães, que assim seguem em frente e, com a Argentina a vencer o México, penso que esse será um dos jogos mais interessantes deste Mundial.

Aceita-se prognósticos dos da Casa, mas agora, não no fim, como uma vez disse o João Pinto no FCP.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: