THE DELAGOA BAY REVIEW

21/01/2011

PRETO AQUI NÃO ENTRA

Filed under: Racismo, Sociedade moçambicana — ABM @ 1:14 am

No tempo colonial – que, note-se, acabou há quase quarenta anos – pode ser que estas coisas existissem e nem sequer fizessem notícia. Mas estamos no ano da Graça de Deus de 2011. E, com vénia, isto é o que sai hoje no magnífico Diário do País, que se publica em Maputo: cidadão quer ir à praia, mete-se à estrada, e unicamente porque é preto, correm com ele da praia. O cidadão é de Moçambique, e o país onde está é Moçambique.

O chato é que eu acho que isto é tudo verdade.

Algo está mal aqui. Seriamente mal. Os moçambicanos negros, que são quase todos os moçambicanos (não é) devia ser capazes de ir a um raio duma praia no seu país, a um parque, a um restaurante, sem terem que sentir que são olhados ou tratados diferentemente, ou ainda por cima preteridos. Unicamente porque são da raça esmagadoramente maioritária no país.

Em 2011, não fosse isto tão trágico, seria quase cómico.

4 comentários »

  1. Eu sou Mocambicana, vivi no tempo colonial até as meus 16 anos…E NUNCA VI UM PRETO SER PROIBIDO DE FREQUENTAR AS PRAIAS….(em certos clubes privados , sim…) inclusivamente a minha familia possuia uma propriedade com praia, e nunca houve proibicao de qualquer pessoa fosse qual fosse a cor da pele de frequentar a praia!!!…aliás existia uma Lei que até 150 metros terra a dentro, a contar do mar, o terreno era portugues, e como tal pertencia a todos….
    O que está a acontecer é que na verdade agora se dao conta em Mocambique e outras antigas colonias portuguesas, que outros povos, sao 100% mais racistas e desumanos do que os antigos “colonizadores”….!!Nao é verdade??….
    Eu própria tambem vi na República Dominicana Resorts Turísticos aonde os próprios nacionais Dominicanos nao podiam entrar, e esses Resorts Turisticos sao vedados por muros bem altos!…Até na Alemanha de hoje se nao tens olhos azuis, e cabelos louros,podes ser descriminado!!…..)))…num País que se diz “liberal” e já sem muros….mas os muros existem sempre no pensamento de certos humanos…
    Nao será acima de tudo um CAPITALISMO FANÁTICO??…! Dinheiro a qualquer preco??!!….
    MAS INFELIZMENTE O DINHEIRO COMANDA O MUNDO, E NAO OS BONS PRINCÍPIOS MORAIS ….!
    POR ISSO PROPAGUEM A TODO O MUNDO AS DESCRIMINACOES QUE ENCONTRAREM….Tanto de brancos para pretos, como também, e existe, de pretos para brancos…
    Só dando a conhecer as injusticas, podemos tentar mudar as atitudes e preconceitos do ser humano…que se acha superior….

    Comentar por Maria — 21/01/2011 @ 1:27 pm

    • Maria

      Conforme já referi, a pessoa que conta a história é o Sr Helder Gune, de 34 anos, que vive e que vinha de perto de Zavala para a costa. No ano novo quis ir à praia de carro com um amigo e deu com esta cena. Os acessos à praia na zona de Inhambane são geralmente feitos por estradas sinuosas e não é incomum esta cena da cancela e do “não pode entrar”. Só que em Moçambique, como por exemplo em Portugal, e como muito bem refere, as praias, todas as praias, são públicas Propriedade do Estado desde o tempo da monarquia) bem como o seu acesso. Está na lei. Aqui nem foi questão de preço, de tarifas municipais, nem nada. Um tipo qualquer estrangeiro de raça branca tem um lodge ali ao lado e simplesmente apropriou-se da praia colocando uma cancela no acesso e proibindo negros de por lá passar. Isto não é uma questão de coisas do passado colonial nem do que se faz na República Dominicana ou os variados racismos na Europa e nos Estados Unidos, ou sequer uma questão de capitalismo. Isto é Moçambique na primeira semana de 2011 e de um senhor, que é de lá, e que no dia de Ano Novo quis ir a uma praia perto da sua casa em Inhambane. E que, unicamente por ser de raça negra, vedaram-lhe o acesso à praia. Agradeço o seu comentário

      Comentar por ABM — 21/01/2011 @ 1:51 pm

  2. Eu entendi a situacao desse cidadao, aliás uma situacao que qualquer um tem o direito de sepoder dirigir a uma praia perto de sua residencia; mas referente à atitude desses exploradores turísticos, considero uma atitude nao só de racismo, DE MAU CARÁCTER, MÁS INTENCOES PARA COM AS POPULACOES, mas acima de tudo de DESRESPEITO por um ser Humano! Esse tipo de exploradores turísticos sao do tipo “capitalismo selvagem”… qua passam por cima de tudo e todos para obterem os seus capitais!…lógico que teem que ganhar dinheiro para o investimento que fizeram , mas teem que pensar primeiro no ser humano à sua volta e no ambiente!

    As autoridades nao deviam colaborar com esse tipo de exploradores turísticos, que nesse caso até nem o ecossistema respeitam…..

    ….e isso é FUNDAMENTAL PARA A MARAVILHOSA COSTA MOCAMBICANA!!!…
    NAO PERMITAM QUE ESSE TIPO DE RESORTS DESTRUAM O AMBIENTE!!!
    MOCAMBIQUE TERÁ QUE DESENVOLVER RÁPIDAMENTE LEIS DE CONSERVACAO DA NATUREZA, EM QUE O ECOSSISTEMA É PROTEGIDO, MAS TAMBÉM POSSIBILITE O DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO E TURISTICO FUNDAMENTAL PARA A ECONOMIA MOCAMBICANA.
    E TEREM ENTIDADES ECOLÓGICAS E GOVERNAMENTAIS LIVRES DE QUALQUER SUBORNO, QUE POSSAM CONSTANTEMENTE OBSERVAR E ANALISAR, SE ESSES RESORTS RESPEITAM O ECOSSISTEMA….e caso nao seja o caso retirarem-lhes as concessoes turísticas.
    Em Resorts em que as praias teem concessao concedida pelas autoridades,e isso existe em quase todos os países, sómente uma parte dessa praias fica disponível para esses Resorts, e na verdade nessas situacoes fica mesmo vedada e visível que aquela parte fique mesmo exclusiva para os hóspedes.
    MAS DE MODO NENHUM SE PODE PROIBIR O ACESSO TOTAL AO RESTO DA PRAIA OU AREAL, ÀS POPULACOES…!…

    Penso que esses administradores desse resort terao que repensar a sua política social, e ambiental….!..rápidamente!
    Lamento o que se passou com o Sr.Helder Gune, eu como Mocambicana tambem me sentiria ofendida e enxovalhada, se nao me deixassem ir à praia só por ter a pele branca, …amarela, preta ou vermelha!!!

    Comentar por Maria — 22/01/2011 @ 10:21 am

    • Maria

      Estou de acordo com o que refere.

      Comentar por Antonio Botelho de Melo — 22/01/2011 @ 10:29 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: