THE DELAGOA BAY REVIEW

03/09/2011

O GÁS, O CARVÃO E TALVEZ O PETRÓLEO

Filed under: Economia de Moçambique — ABM @ 5:22 pm

 

 

Segundo o jornal O País, que se publica na capital angolana, Luanda, na sua edição de hoje, 3 de Setembro de 2011:

 

Moçambique: descoberto gás natural na Bacia do Rovuma e vão ser efectuados os furos de prospecção e petróleo

Na Bacia do Rovuma, em Moçambique, acaba de ser descoberta uma grande reserva de gás natural e os malaios da Petronas Carigali Mozambique preparam um concurso com vista à definição do local onde irão ser efectuados os furos de prospecção de petróleo.

A empresa norte-americana “Anadarko” acaba de descobrir na bacia do Rovuma, no extremo Norte do Pais, uma grande reserva de gás natural.

As célebres torres gémeas da malaiana Petronas em Kuala Lumpur. A petrolífera vê boas perspectivas de encontrar petróleo na Bacia do Rovuma.

Segundo a Anadarko, o poço de 70 metros de profundidade, tem cerca de 169 mil milhões de metros cúbicos de gás natural liquefeito. É a quinta descoberta da Anadarko na bacia do Rovuma, depois da outra revelada em Fevereiro último. Neste momento, apenas as reservas de gás natural localizadas em Inhambane, Sul do País, estão a ser exploradas pela petroquímica sulafricana “Sasol”.

A Ministra dos Recursos Minerais, Esperança Bias, diz que a principal bandeira no sector que dirige é o carvão mineral. “Penso que neste momento, a bandeira de Moçambique no sector de recursos minerais é o carvão mineral pela sua qualidade comercial. Estamos a produzir 30 mil toneladas de carvão mineral, mas é uma quantidade insignificante em relação às potencialidades existentes em Tete e noutras zonas. Até final deste ano podemos atingir uma produção comercial de 2 milhões de toneladas” – referiu Esperança Bias.

A província de Tete é considerada o epicentro de hidrocarbonetos de tipo carvão mineral de grande valor comercial. O processo de exploração de carvão mineral em Tete já promoveu a criação de sete mil postos de emprego nos últimos cinco anos, com empresas brasileira Vale e australiana Riversdale à cabeça. O escoamento de carvão para a primeira exportação, a partir do porto da Beira, já começou. No distrito de Moma, em Nampula decorre a exploração de areias pesadas.

(fim)

Quem estiver interessado em seguir as novidades na área de energia em Moçambique que se vão publicando em Maputo, poderá ir lendo o sítio http://www.energiamocambique.co.mz

1 Comentário »

  1. Eu estive em Morrumbene, a norte da Maxixe onde existem poços de gás natural que estão selados. Meses antes, em Dezembro de 1965 ardiam e foi preciso vir um té cnico americano para extinguir o incêndio. Porque nunca foram explorados isso não sei. Só disseram que não era rentável.

    Comentar por Fernando — 04/09/2011 @ 4:34 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: