THE DELAGOA BAY REVIEW

07/01/2017

O Delagoa Bay Review em 2017

Filed under: António Botelho de Melo — ABM @ 10:51 am

Depois de um hiato, e de um curto periodo em que esteve “fechado”, o The Delagoa Bay Review volta neste início de 2017, de novo acessível a todos os que se derem à maçada de o ler. Aqui quase nada de novo, tudo mais ou menos na mesma, desde a sua abertura em 2010. Mais umas fotos, mais umas conversas ao desafio. À meia dúzia de apreciadores desta Casa, saudações.

 

15423731-abm-test-a3

O vosso cronista no Green Quadrangle da Brown University, em Providence, EUA, Maio de 1982, ano da atribuição da primeira licenciatura, foto tirada com uma Nikon F, lente fixa de 70 mm, por uma colega sueca, Maud Linnea Kalborg.

Dito isto, o mundo mudou significativamente. Moçambique viu Armando Emílio Guebuza substituir-se por Filipe Nyusi, um seu delfim, o País quase colapsou entre dívidas e a tentativa de eliminar fisicamente a sua oposição, prevendo-se o prolongar desta agonia, até os americanos começarem a bombar gás e a pagar royalties. Com a população prevista para chegar aos 55 milhões nos próximos 25 anos…. boa sorte a todos. Em Portugal, a aliança absolutamente surreal, com a cereja no topo que tem sido Marcelo Rebelo de Sousa, para mais uma falência e um resgate caminha, aguardando-se pela default no serviço da dívida pública ou da mera incapacidade dos contribuintes de sustentar a despesa pública, num país de reformados e emigrados e endividados, que se espera decresça de 10 para 7 milhões em vinte anos. Nos Estados Unidos, Donald Trump, uma espécie de Kim Il Sung do Capitalismo, inicia um mandato dentro de poucas semanas, prometendo um conjunto de actos de circo dignos do nosso antigo Boswell-Wilkie. José Eduardo dos Santos afirmou que irá abandonar a política activa em 2018, o que tornará acompanhar os eventos em Angola ligeiramente mais interessante. O Médio Oriente continua a ser uma saga indecifrável. A China fez uma ilha no meio do Mar da China (que formalmente não é da China) e insiste que aquilo tudo lhe pertence.

Tudo isto e muito mais, com umas fotografias pelo meio, será tratado aqui, num português irreverentemente anti-o tal acordo da ortografia. E às vezes em inglês, pois tenho um leitor que não lê textos escritos em português.

Anúncios

14 comentários »

  1. Bem-Vindo…..saudades ABM! Feliz 2017!

    Gostar

    Comentar por Irene Grilo — 07/01/2017 @ 11:43 am

  2. ainda estás. fixe…

    >

    Gostar

    Comentar por Ian Watts — 07/01/2017 @ 2:27 pm

    • Still crazy, after all these years………… regards Ian!! ABM

      Gostar

      Comentar por ABM — 07/01/2017 @ 3:38 pm

  3. A melhor notícia desde 2014.

    Gostar

    Comentar por David Morton — 07/01/2017 @ 3:35 pm

  4. … you are more than required around here.

    Gostar

    Comentar por ctrocado — 07/01/2017 @ 7:58 pm

  5. Fico muito satisfeito por continuares. Uma boa decisao para 2017.

    Gostar

    Comentar por Mario Pereira — 08/01/2017 @ 6:06 am

  6. Pois sejam muito bem vindos de novo!

    Gostar

    Comentar por graça gonçalves pereira — 08/01/2017 @ 12:42 pm

    • Curvo-me perante o écran do computador ao ali surgir o nome GGP. Obrigado. ABM

      Gostar

      Comentar por ABM — 08/01/2017 @ 12:56 pm

  7. Numa pincelada o mundo inteiro, sem esquecer Moçambique, a terra da liberdade e alegria. Não te esqueças ABM, que os desequilíbrios que o Mário Soares criou em conjunto com outros moçambicanos, continuam a existir e, tenho dúvidas que mesmo com os seus 55 milhões, que Moçambique recupere dessa profundíssima cicatriz, em que o ódio e o complexo se misturam execravelmente. Como dizia um meu conhecido subgerente do Pingo Doce: “Já a minha mãe dizia, a liberdade foi bem dada no 25/4/74, mas infelizmente foi muito mal aproveitada”. Será que se pode corrigir isso? Claro que sim, mas não vejo vontade política a gerar vida e, sabe o que se faz em algumas das aldeias moçambicanas a quem no fim de uma existência não gerou vida, que enriquecesse a comunidade, o país, o mundo e o Universo? Eles lá sabem porquê que o fazem e, os que assistem podem imaginar as razões!…

    Gostar

    Comentar por João Cavaco — 09/01/2017 @ 8:19 am

  8. E tudo isso não bastasse, prezado António Botelho de Melo, Trump, contra todas as expectativas, assume o poder e solta uma “bomba” a cada dia…

    Gostar

    Comentar por Mary-Oak de Villaris — 24/01/2017 @ 5:39 pm

  9. Great picture!!

    Gostar

    Comentar por Maud kalborg — 01/05/2017 @ 8:58 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: